Veli U5i

Feb 15, 2021

Post de março 10, 2020 importado do blog minivelocentral.com

Desta vez uma construção a pedido. Uma Veli com guiador Bullhorn e 5 velocidades internas.

O Hugo já tinha experiência com roda 20" e andou a estudar as minivelos japonesas que oferecem claras vantagens em relação às habituais dobráveis independentemente da marca. 

Depois de experimentar algumas e de nos sentarmos a conversar um pouco, começou-se a desenhar em conjunto esta bonita bicicleta que aparece nas fotos.


objectivos técnicos

cubo de mudanças

guiador bullhorn

rodas 451

pouco peso


objectivos estéticos

pintura verde 

componentes maioritariamente prata

selim/fita guiador em tom castanho


Para começar o quadro, pintado em verde inglês RAL 6005 meio brilho. Esta lacagem (powder coating) oferece protecção contra a oxidação e também UV

Este ultimo quadro Veli está preparado para levar tanto roda 406 com pneus até 20x2.30 como 451 (qualquer pneu). Tem pivots vbrake, mas desta vez usou-se ferraduras de pivot duplo compatíveis com estas manetes de estrada.


O cubo de mudanças escolhido foi o Sturmey Archer de 5v RF5, mas com um manípulo de mudanças de dedo em vez de punho. Para poder ser colocado num guiador bullhorn. Esta ideia das 5v quase que era descartada porque a Sturmey apenas tem cubos de 36 furos e eu só tenho aros 451 de 28 furos. Felizmente lá se conseguiu montar a roda com raios de inox e de diferentes tamanhos para bater certo. Se reparares na foto há buracos sem raios (4 de cada lado). 

Sempre são menos umas gramas ^_^


Este cubo ao contrário dos tradicionais Sturmey não tem a famosa corrente, é idêntico aos Shimano Nexus de 7/8v, sem selector, apenas uma rotação lateral. Torna o sistema muito mais responsivo e com menos dores de cabeça para afinar se for caso disso.

Por outro lado o de 5v tem mais 1kg em relação ao de 3v (970g vs 1950g). 


O crankset usado também da Sturmey, muito bonito todo em prata e com 44 dentes e protecção. Aqui privilegiou-se para subidas e não para racing. Os pedais em alumínio anti-derrapantes.


Os aros Gurpil prata com 451mm de diâmetro e raios de inox e perfil largo. Uma espécie de 22" mas oficialmente é 20". Uma medida antiga usada nas bicicletas francesas de corrida juvenis e que renasceu das cinzas com praticamente rodas as marcas de renome a terem modelos em catálogo. Não há muitos pneus para ela e os aros também não são fáceis de arranjar, mas o resultado final compensa. No fim fica com um perímetro idêntico a uma roda 20"(406) com pneu grosso, ocupando o mesmo espaço mas com mais performance em estrada.


Também ajuda muito na estética minimalista. Fica com muito bom aspecto. O pneu escolhido foi um Schwalbe Durano de 28mm de largura. Muito bom. Podes ver outros pneus para esta medida aqui

Pormenor dos travões muito robustos, responsivo e bonitos. Os que uso desde 2017. No traseiro optei por afinar com a patilha levantada, sempre dá mais um pouquinho de performance ao travão. Os vbrakes são tapados com tampas próprias. Podem ser usados para fixar suportes.



O guiador bullhorn tem muitas vantagens para cidade, não só é mais curto como oferece uma posição agradável aos braços e tira-se muito proveito dele ao fazer subidas com o corpo levantado. Outra vantagem é poder cortar melhor o vento. Esteticamente também resulta muito bem ficando bad ass mesmo com uma fita castanha toda pipi.


Manetes retro furadas da Weinmann com capas da Dia Compe e espiral com teflon. A fita foi uma Deda furada. 


O avanço é regulável e em alumínio polido. Como o Hugo é alto havia a hipótese do extensor, mas só tinha pretos e ia matar o conjunto. Este avanço foi melhor solução. E depois ainda permite chegar mais à frente ou regular o ângulo do guiador. 


Detalhe do manípulo de 5 velocidades. Tem sempre de se abrir um pouco a braçadeira para entrar no guiador bullhorn. Na posição que está é mais fácil trocar as mudanças.


O detalhe do logo Veli. A única referência à marca de um lado e do outro. É em vinil e muito resistente. Se por acaso tens uma Veli e já não o tens, escreve-me que te envio um par.  

Há uns anos colocava-se também um vinil na escora com o site agora já não. À frente a slot para o adaptador de cargas Klickfix que apesar de ainda não ter testado com este guiador dará para a maioria dos acessórios da marca. 


O guiador tem uma grande quota de responsabilidade no perfil fino dela. Um mimo para guardar em casa, pendurar na parede ou a passar nos torniquetes do metro, comboio ou barco.


O selim é um Origin 8 muito confortável. 


Ainda consegui arranjar um espigão de selim cromado


braçadeiras de metal para o cabo de mudanças. 


O resultado foi muito bom, pelo menos o Hugo gostou e eu também. De tudo o que deu mais trabalho foi a roda, por causa da diferença de buracos. O peso final pretendido foi um pouco ultrapassado, ainda assim com aproximadamente 12kg.